Fotos: À esquerda, Pekka Parhi, à direita (acima) Carmem Almeida e (abaixo) Célia Cerqueira.

Essa casa em azul royal foi a última moradia de Pablo Neruda, poeta chileno. La Chascona foi o nome que ele deu à casa, feita para Matilde Urrutia, sua amante, que viria a ser a terceira esposa. Foi construída em 1953, em Santiago, quando o romance deles ainda era secreto. Na janela, as iniciais de Pablo e Matilde. O nome chascona seria algo como “descabelada”, representada na segunda janela e na entrada, em alusão aos cabelos de Matilde.


Esse postal mostra a sala de jantar, que foi mantida com a porcelana original. Tudo na casa lembra o mar, da arquitetura aos detalhes da decoração, inclusive os utensílios de cozinha. Neruda era apaixonado pelo mar e pela gastronomia, chegando a fazer algumas odes a determinados alimentos, como Ode à cebola, à maçã, à sopa de côngrio, ao pão e ao vinho.
Para quem quiser conhecer La Chascona, a Fundação Neruda tem um tour virtual em 360°, espetacular. Matei a saudade da visita que fiz em 2003. Vale a pena ver!!

Em abril, o Som na Sala, projeto do Vinicius Castro  com Daniel Terra, apresenta o poema XXV, de Cem Sonetos de Amor, livro de Neruda dedicado à Matilde. Vinicius musicou o poema Antes de amar-te e a interpretação é de Karla da Silva.
Saiu matéria no caderno de Cultura, do OGlobo.com, falando das mais de 20 mil visualizações que o projeto Som na Sala alçancou em quatro meses! Parabéns, Vinicius e Daniel Terra, pelo projeto!
Assista e compartilhe pelo facebook e twitter. Além disso, você pode inscrever-se no canal do Youtube para receber as atualizações mensais.


O que não falta é vegetação na Chascona, com a escada lembrando um convés, palco do idílio entre eles.
♫♫ Antes de amar-te, amor, nada era meu… ♫♫

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pinterest

ATENÇÃO!

Para copiar o post (impressão ou pdf), visualize à esquerda o menu suspenso vertical e clique no ícone da impressora (último).

15 Respostas para “Pablo Neruda e o Som na Sala”

  1. Lindo post! Linda música! Excelente interpretação, voz e execução de violão.
    Bjs

  2. Parabéns para o Vinícius e sua arte.
    Obrigada pela dica do passeio virtual. Também já estive na La Chascona, e adorei.
    Vou relembrá-la, com sua dica.
    Beijo.

    • Obrigada, Helô! É muito bom ter as amigas compartilhando do trabalho dele!
      Achei o tour virtual muito interessante, com as setinhas direcionando a mudança de cômodos. Dá pra visitar a casa toda.
      Bjs.

  3. Olá Gina não conheço La Chascona e adorei ter uma idéia da beleza que é, por aqui,
    A decoração das janelas é muito interessante. Achei lindas as porcelanas, lindas é pouco, as taças coloridas bico de jaca não é? Fico imaginando o restante. A música também é linda e o Vinicius está dominando cada vez mais essa linda arte que é tocar violão, pois sempe soube que é muito dificil e exige muita disciplina. Bela interpretação. Adorei. Bjocas. ótimo feriado

    • Tudo começa com uma ideia e vai ganhando forma. Essa turma que tem se apresentado no Som na Sala é muito talentosa. Unir 1 microfone, 1 câmera e 1 convidado deu muito certo e todos estão felizes.
      Faça o tour virtual da casa de Neruda também, eu achei fantástico.
      Bjs.

  4. Enviado por e-mail:
    “La Chascona foi a casa de Neruda que mais me tocou. Tem um astral muito bom.
    Vida longa ao projeto Som na Sala.
    Beijo,
    Carmem”

    • Carmem, já lhe respondi por e-mail, mas vou repetir aqui.
      Você viu que a Fundação Neruda tem o tour virtual? Achei genial aquilo! Fiquei um tempão navegando por lá.
      Como mãe e acreditando no seu talento, dou todo o apoio e estou feliz com seus projetos. Grata pelo incentivo e pela autorização do uso da foto!
      Bjs.

  5. Gina,
    Nota mil para o seu post. La Chascona é uma celebração à arte e ao amor em cada detalhe.
    Excelente o projeto Som na Sala. Parabéns para o Vinicius.
    Beijos, Laura Lucia

    • Oi, Laura. Esse lugar é muio interessante e o Som na Sala sobre Neruda foi a oportunidade que faltava para eu resgatar toda essa aura de arte e amor – como você bem disse -, mar e gastronomia. Quando descobri que tinha esse material tão rico em mãos, não podia deixar de compartilhar. E vou lhe dizer uma coisa, esse Som na Sala, pra mim, está emocionante.
      Bjs.

  6. Belo post. Parabéns para o Vinicius. Não conheço La Chascona. É uma linda exaltação a beleza e ao amor.
    bjs

    • Norma, obrigada. Ainda quero ver você assistindo a um show do Vinicius! As possibilidades para quem está no RJ são maiores.
      La Chascona é uma boa dica de visita em Santiago.
      Bjs.

  7. Gina, eu amei a casa do Pablo Neruda em Santiago!!!! É linda e ele não era nada minimalista, como eu. E adorava colecionar objetos de viagens super coloridos, como eu!!!!!!!!!!! Imagina, fiquei apaixonada pelo lugar, que lembrava um barco!!!!! Eu não consegui fotografar dentro da casa, na época em que estive lá era proibido, mas gostei de rever as imagens aqui! Lindo post!

    • Kátia, continua sendo proibido fotogragar dentro de La Chascona, por isso coloquei o postal. Você acha que a gente resistiria a tirar um monte de fotos lá? Mas o passeio virtural compensa a falta de fotografias!
      Rever os lugares dá uma nostalgia, né?

Deixe uma Resposta

(requerido)

(requerido)

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© 2014 NacoZinha - Blog de culinária, gastronomia e flores - Gina Tema Suffusion personalizado por Gina
Pinterest
Email
Print