Suflê de queijo-do-reino

Meu pai vendia queijos desde a década de 1960. Lembro bem dos queijos Minas, que vinham de Paracatu. O queijo prato vinha de Bom Jardim de Minas. Já contei como chegavam à nossa casa nesse post. Lembro do queijo lanche, “cavalo” (ou cabacinha) e do queijo-do-reino, que também conhecíamos como queijo de cuia. Eu era criança, mas não esqueço a chegada do caminhão que vinha de Minas, trazendo as encomendas. Quanto trabalho dava abrir os jacás, acondicionar, manter e entregar! Entre tantos produtos que ele vendia, os queijos foram os que mais deixaram marcas. Minha geladeira precisa deles ou meu lanchinho já não será o mesmo sem eles… Continuar lendo

Pinterest

Cupcake Red Velvet

Curiosidade por conhecer o famoso “Red Velvet” sempre tive, mas não que chegasse a ser um “tenho que fazer!” Eis que vem a filha e resolve preparar na minha casa. Nesse caso, pude unir o útil ao agradável e bastou ser coadjuvante, abrindo forminhas, separando ingredientes… E não é que fica bem gostoso mesmo? Continuar lendo

Pinterest

kouglof
World Bread Day 2014 (submit your loaf on October 16, 2014)Kouglof é um pão oriundo da Alsácia, na fronteira Alemanha-França e recebe outros nomes, como Kugelhopf e Gugelhupf. É feito numa forma própria, alta e canelada. Decidi fazer o meu kouglof em miniatura.
Existem algumas lendas para a origem desse pão. Uma delas diz que os 3 Reis Magos, voltando de Belém pela Alsácia, foram recebidos com muita hospitalidade e, para agradecer, fizeram esse pão, modelado em forma de turbante.
O kouglof é a minha contribuição para o Dia Mundial do Pão.
O 9° World Bread Day é um evento promovido pela Zorra, do blog kochtopf. Continuar lendo

Pinterest

Bolo de maçã com casca
Estive pela segunda vez na Serra do Rio do Rastro, em Santa Catarina. A estrada lindíssima, sinuosa, de mão dupla, não permite ultrapassagens facilmente e a neblina é muito frequente.
A região da serra catarinense é de grande cultivo de maçãs, o que me levou à vontade de fazer algo com essa fruta, tão logo retornei de viagem. Foi de Bom Jardim da Serra (SC) que trouxe as maçãs para esse bolo aromático, macio e muito saboroso. É inevitável que o pensamento volte à origem, onde uma bela porção de maçãs estava sempre à disposição no local onde fiquei hospedada. Percorrer as estradas ladeadas por muitas macieiras em flor também ficou na memória. Entre lembranças, sabores, frio intenso e belas imagens, convido vocês a saborearem o bolo com um chá, pra aquecer a alma! Continuar lendo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pinterest
© 2014 NacoZinha - Blog de culinária, gastronomia e flores - Gina Tema Suffusion personalizado por Gina